O golpe do bilhete de loteria premiado tem – seguramente – mais de um século de existência e sucesso

Reportagem dos telejornais mineiros em 28/08/12 conta que na evoluída cidade de Pouso Alegre, sul do Estado, duas mulheres caíram no velhíssimo golpe da loteria premiada.

Resumo um dos casos com trechos do site G1: “Em Pouso Alegre (MG), a Polícia Civil investiga vários casos e trabalha com a hipótese dos crimes terem sido cometidos por um casal. Na ânsia pela grande quantia de dinheiro anunciada no bilhete – R$ 2 milhões – a professora foi ao banco e sacou R$ 5 mil.”.

O outro caso envolveu mais dinheiro e explica melhor o mecanismo do golpe: “Na última semana, uma outra mulher de 57 anos caiu no mesmo golpe. Ela conta que foi abordada por um homem simples, que pedia informações, sobre um endereço. O homem contou que tinha um bilhete, mas que para ficar com o prêmio a vítima teria que pagar. Ela então foi ao banco, sacou R$ 20 mil e entregou para o golpista, que em seguida desapareceu.”.

É incrível a capacidade humana de não aprender com a experiência e com as informações. Uma inversão da lógica.

Mal deixei a infância e já ouvia falar deste golpe; os mais velhos e os livros me acrescentaram que ele é tão antigo quanto a própria instituição da loteria oficial.

A consequência para a vítima nos inspira o sentimento de piedade; mas, como alguém pode ser tão burro, tão ingênuo?

A ambição de resolver a vida em um rápido momento cega e ensurdece as pessoas. Ou, usando uma figura de linguagem menos drástica, amortece o raciocínio, a capacidade de refletir e de avaliar.

E como o golpe é aplicado por pessoas de aparência ingênua, deixa no ar uma contradição: ainda que não tenha formulado racionalmente o conceito, quem está aceitando o negócio também está sendo desonesto com o pretenso proprietário do bilhete premiado. Estaria explorando a ignorância alheia!

Toda manhã saem de casa um trouxa e um esperto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: