O blogueiro Márcio trava amizade com uma sucuri da Amazônia

Não tenho espírito aventureiro, não sou valente, e não dou a menor importância para tal.

São apenas características pertencentes a quem as tem.

Por isso, quem me conhece há de estranhar a foto abaixo, em que carrego uma sucuri; viva, garanto.

Aconteceu numa viagem à Amazônia (outubro de 2006): mais exatamente, numa excursão pelo Rio Negro, em que visitamos alguns povoados ribeirinhos (no caso, São Tomé). Pena que o fotógrafo escolheu um fundo escuro.

No fundo, um show para turista: a cobra era mansa, alimentada e treinada pelo seu proprietário, e estava acostumada a repousar nos ombros dos turistas.

Dispensava a carne humana; ainda bem.

Márcio de Ávila Rodrigues e a cobra amazônica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: