Diamantina é a mais bem conservada das cidades históricas de Minas Gerais

O turismo interno e a valorização do patrimônio histórico ajudaram a recuperar, nas últimas décadas, as cidades que foram importantes no passado mais remoto, na época do Brasil Colônia. Em Minas Gerais a que mais recebeu tais benefícios foi Diamantina, situada na região central do estado, a 292 quilômetros da jovem capital Belo Horizonte.

Conta a Wikipedia que ela surgiu no século XVIII devido à grande produção local de diamantes, que eram explorados pela coroa portuguesa. Foi conhecida inicialmente como Arraial do Tijuco e depois Tejuco. Passou a se chamar Diamantina em 1831, quando se emancipou do Serro (que hoje é uma cidade menor, embora bem cuidada). O nome foi consequência do grande volume de diamantes encontrados na região.

Provavelmente Diamantina foi muito beneficiada no século 20 por ser a cidade natal do mais popular dos presidentes da República, Juscelino Kubitschek de Oliveira. Saquei a foto abaixo durante a Semana Santa (08 de abril) deste 2012, festa católica muito importante na cidade, que faz a inevitável decoração das ruas onde passa a procissão.

Diamantina, MG

Anúncios
Publicado em Viagens. Tags: . Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: