Teleatendimento da Oi pede o número do CPF sem motivo

As pessoas que, uma ou duas décadas atrás, se diziam insatisfeitas com o atendimento pessoal (físico, direto, cara a cara, olho no olho) das companhias telefônicas não imaginavam o quanto poderia piorar quando este contato se tornasse virtual.

É o que acontece hoje.

São casos de stress, discussões, demoras, ausência de soluções, interrupções suspeitas.

E procedimentos inúteis, mal explicados, como a solicitação de digitar o número do CPF no teclado, feita por uma voz feminina, pré-gravada (ocorre na Oi).

Seria até razoável se, quando iniciado o atendimento real (com uma voz humana), o número do CPF não fosse pedido novamente.

Mas eles sempre pedem.

Já perguntei o porquê da repetição; perdi meu tempo, só ouvi evasivas.

Permanece a minha curiosidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: