Explosão da base da Antártida ressalta as questões da falha de segurança e do custo elevado para resultados duvidosos

No recentíssimo dia 25/02/2012, uma explosão seguida de incêndio destruiu boa parte das instalações da Estação Antártica Comandante Ferraz, uma base científico-militar que o governo brasileiro mantém no continente gelado do sul da Terra.

A jogada de marketing do dia 28 de fevereiro foi centralizar a atenção nos dois mortos, o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos, cujos corpos foram recebidos no Rio de Janeiro com honras militares, com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, e do ministro da Defesa, Celso Amorim; ademais, foram agraciados com o grau de comendador da Ordem do Mérito da Defesa e postumamente promovidos a segundos-tenentes.

As tragédias humanas sempre garantem o desvio da atenção, a troca de foco…

Infelizmente, o acidente representa apenas mais um ponto na elevada estatística de falhas na construção e manutenção de obras e prédios do Brasil; um mês antes caíram três no Rio de Janeiro.

Neste tipo de acidente o erro é humano, quase sempre; mas dificilmente o público receberá informações sobre o que realmente ocorreu neste caso, pois o controle da base é militar e ela está localizada longe demais para permitir investigações independentes.

E existem velhas dúvidas sobre a importância real de um gasto de milhões na manutenção da estação, inaugurada em 1984 (a questão começara em 1975, durante o Regime Militar, quando o Brasil aderiu ao Tratado da Antártica).

Em resumo: gasta milhões para ter presença na região e obter vantagens caso apareça uma situação propícia a tal, num futuro inescrutável, desconhecido, imprevisível.

Por enquanto, o continente hipergelado continua sendo, aparentemente, de pouco valor econômico ou geopolítico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: