Alagoas dá péssimo exemplo na repressão à improbidade administrativa: nunca puniu ninguém

A impunidade faz parte da cultura brasileira, é algo que acontece em todos os níveis.

Começa em casa, com a cultura moderna de pais lenientes que temem disciplinar as crianças por temer as opiniões alheias e as constantes notícias de projetos de lei proibindo tapas e surras.

Segue pela vida adulta: trabalhei numa empresa onde o setor de segurança identificou um dia um visitante que estava aplicando golpes nos funcionários; tentou registrar a queixa na polícia mas um diretor caridoso impediu.

Deveria indenizar as vítimas desavisadas que certamente se sucederam, em outros locais.

Na administração pública a impunidade ocorre em todos os poderes e localidades; e, para piorar, é desigual.

Como informou Rita de Cássia Biason, cientista política da Unesp-Franca (e ligada à Transparência Internacional e à ONG Amarribo), em palestra proferida no encontro da Convenção de Combate à Corrupção das Nações Unidas (Uncac) com o governo e a sociedade civil, realizado em 04/08/11, em São Paulo.

Da matéria publicada sobre o evento (O Estado de São Paulo, 07/08/11) destaco este trecho:

Na pesquisa que preparou para o encontro, Rita de Cássia constatou um abismo entre os tribunais dos Estados. Um dos dados que ela apresentou é uma lista de punidos por improbidade nos TJs. O de São Paulo puniu 1.499, Rio e Bahia puniram 6, Alagoas não puniu nenhum. ‘Isso é um absurdo’, lamenta.”.

Ficou mal para Alagoas, triste e eterno exemplo da corrupção político-administrativa, mas proporcionalmente ainda pior para o Rio de Janeiro, com população bem maior.

Para acesso ao inteiro teor do texto, CliqueAqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: