Até pouco tempo, concurso publico era objeto de politicagem

Contam os historiadores que o Brasil sempre teve uma forte cultura de participação e intervenção do Estado na vida econômica do país.

O funcionalismo público — a burocracia, em seu sentido adequado e sem preconceitos — foi, e é, indispensável neste processo, já que é o braço do Dono do Poder.

Mas outra tradição — a irresponsabilidade com o dinheiro público — sempre permitiu aos mesmos donos do poder preencher as vagas da burocracia com os amigos, eleitores, parentes e apoiadores.

O concurso público, quando apareceu, era pra inglês ver.

Será que as viúvas da ditadura militar brasileira (1964-83) sabem que, naquele período de falso moralismo, permaneceu a indicação política da ampla maioria dos cargos públicos?

Na virada de décadas 70/80 os políticos ainda relutavam em perder os ganhos eleitorais e pessoais da nomeação de um funcionário público.

Um exemplo caseiro: no início dos anos 1980, minha irmã foi aprovada em concurso para funcionária estadual e descobriu que a convocação estava sendo protelada.

Acionei o médico Adelmar Cadar, velho amigo da família Ávila Rodrigues, que fez o pedido para o dirigente maior do órgão contratador, uma fundação do Estado de Minas Gerais.

Minha irmã soube depois que acabou sendo uma das primeiras convocadas, e também que a ordem de classificação não era respeitada.

Nos anos seguintes, a onda de redemocratização incentivou e valorizou as provas e disputas, aumentando o respeito aos resultados oficiais.

E quando a crise econômica que se manteve (e até se agravou) na sequência presidencial Figueiredo-Sarney-Collor desestabilizou o mercado privado, o emprego público virou um sonho de consumo do trabalhador inseguro.

Hoje são centenas ou milhares de concorrentes a uma única boa vaga.

Todos movidos pelo sonho e desejo da segurança profissional

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: